TAREFA DE HOJE: Amar, Viver, Sentir e Sorrir…

Quem se aponta para cumprir esta tarefa?

Amar soa bonito, porém amar de verdade não é um ato. É uma forma de vida. Amar significa entrega.

O restante vem por si só: quem AMA, vive, sente e por suposto, sorri.

Sorri quando vê feliz aquele que ama, sente a alegria e a dor de quem ama como seu e vive sendo vida para aqueles a quem ama.

O difícil é saber como amar. Acaso se  aprende? Tem algum modelo para seguir?

Eu creio que algum exemplo teremos… Alguém haverá que tenha dado grandes mostras de amor a todos… Deixa-me pensar…

Maria Rosa Molas,  que dedicou sua vida a fazer do mundo um lugar melhor, em que todas as pessoas, fosse o que fosse sua condição, tivessem um espaço em que amar, viver, sentir e sorrir.

E não deve ter feito mal, pois 200 anos depois que ela nasceu, aqui seguimos a família Consolação tentando conservar esse pedacinho de céu que ela deixou ao passar. E, por isso, temos preparado com grande ilusão para dar passos de saída neste ano do Bicentenário de seu nascimento, para recordar que, se propomos, como ela fez, com ilusão e sem deixar que os obstáculos nos desanimem e que nos tirem o sorriso, poderemos seguir cumprindo esta tarefa que as Irmãs da Consolação lideram e que os que acompanhamos tentamos, embora não tenhamos sua grande força, fazê-la chegar a mais pessoas.

Desde este olhar, queremos convidar a todos os jovens a Amar, Viver, Sentir e Sorrir ao estilo de Maria Rosa Molas.  Quem se aponta?


Escrito por Ana Bellido

Traduzido por Sandra Rizzolli